Os impactos da covid-19 para a filantropia no Brasil

O avanço do novo coronavírus joga holofotes sobre o papel da filantropia no estímulo ao desenvolvimento social e à recuperação dos setores mais atingidos pela pandemia. No Brasil, o investimento filantrópico ganhou impulso com a Lei 13.800, que regula os endowment funds, mas sem que fossem tomadas medidas efetivas de estímulo fiscal para alavancar sua escala de atuação.


A pandemia de covid-19 será a mudança que faltava para colocar de vez a filantropia no radar do mercado de capitais? Como os endowment funds podem ser úteis nesse momento? Para responder essas e outras questões, a CAPITAL ABERTO promove no próximo dia 23 de junho, às 18h, um debate com a participação de Rebecca Tavares, CEO da BrazilFoundation, e Priscila Pasqualin, sócia responsável pela área de filantropia do PLKC Advogados.







23 de Junho

Às 18h00

Inscreva-se!

Preencha o formulário para registrar sua inscrição.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Convidadas

Priscila Pasqualin

Sócio do PLKC Advogados

Rebecca Tavares

CEO do BrazilFoundation

LIVES CAPITAIS

Acompanhe ao vivo entrevistas com especialistas sobre temas que impactam as companhias e o mercado de capitais.


REALIZAÇÃO